Otto Guerra fala ao Canal Brasil sobre Wood & Stock

18/09/2010

parte 1:

parte 2:

(E, por falar em Wood & Stock, indicamos o site do filme para quem quiser obter mais informações)

Anúncios

Otto Guerra: trinta anos e enfim a Sbórnia

14/09/2010

Por Arthur Dantas
(Esta entrevista foi publicada na +Soma 16/Mar-Abr 2010)

Otto Guerra, por Maurício Capellari

Esqueça os estereótipos e os desenhos animados para crianças. A Otto Desenhos Animados, criada pelo lendário notívago e biriteiro gaúcho Otto Guerra, 53 anos, está por aí faz mais de trinta anos jogando areia nos olhos dos incautos e fazendo dinheiro quando possível. O que começou nas telas ingenuamente, com o O Natal do Burrinho – sucesso no Festival de Cinema de Gramado de 1984 – acabou em longas mais cascas-grossas como “Rocky & Hudson” (baseado nos personagens de Adão Iturrusgarai), de 1994, e “Wood & Stock: Sexo, Orégano e Rock’n’Roll” (personagens de Angeli), de 2006. Após a versão tropical de “Cheech & Chong”, o negócio ficou sério: são 42 pessoas trabalhando no estúdio, onde estão no meio de um longa baseado na peça “Tangos & Tragédias”, “Fuga em Ré Menor” de Kraunus e Pletskaya e se preparam para a operação mais audaciosa: um filme baseado na fase recente de tiras mais nonsense e existencialistas de Laerte.

“[Tangos e Tragédias] tá na metade, falta um ano e meio mais ou menos de produção. Eu preferi dar um foda-se para os prazos e fazer uma puta animação. Vai ficar em um nível altíssimo!”

No site da Otto Desenhos, há uma síntese da gênese nada sagrada do lance todo, descrita com o humor característico de seu criador: “Em agosto de 1978 a Otto Desenhos Animados Ltda. surgiu a partir de uma iniciativa do jovem, musculoso e talentoso Otto Guerra, do alto dos seus 22 anos de idade. Naquela época a TV broadcast (sic) exigia as mesmas 720 por 486 linhas de definição de hoje e o mínimo para alcançar esse patamar era a película 16mm. Uma câmera Paillard Bolex usada custava algo como 8 mil dólares! (…) Sendo assim, após locar durante um ano esse equipamento (…) a empresa comprou em São Paulo (…) a tão almejada Bolex. A primeira Bolex a gente nunca esquece!”

A entrevista foi realizada a palo seco – contrariando os conselhos de amigos em comum, que achavam mais interessante entrevistá-lo no bar, regado a muito álcool – em sua produtora de aparência nada chamativa, onde o notório boêmio nos falou das incomuns pedradas criadas lá dentro. Porque, como disse Allan Sieber em mensagem também alcoolizada, “animação no BRAZIL é cuzeta mesmo, mas pelo menos o Otto faz alguma coisa menos monga”.

Continue lendo »


Animações de Otto Guerra

08/09/2010

Pra dar um gostinho antes da exibição de Wood & Stock – sexo, orégano e rock’n’roll, marcada pro dia 28 de setembro, estamos postando aqui no blog algumas animações do Otto Guerra (diretor de Wood & Stock). Tem mais no YouTube, no Porta Curtas e no site da Otto Desenhos Animados.

curta “O Natal do Burrinho”, de 1984

animação “Novela”, de 1992

trecho de “Wood & Stock – sexo, orégano e rock’n’roll”, de 2006


Programação 2010

13/03/2010


%d blogueiros gostam disto: